A história do feriado de 23 de Maio

Através do Projeto de Lei do então vereador Lourival Miguel foi instituído em Serra da Raiz o feriado municipal do dia 23 de maio, fazendo memória do falecimento do Pe. Luís G. de Oliveira.
Luís G. de Oliveira nasceu em 19 de maio de 1915 no histórico Engenho Lameiro.
Ordenado sacerdote no ano de 1938, teve destacado papel na capital paraibana como professor de Latim, Vernáculo e Filosofia nos principais educadários, faculdades e na UFPB.
Jornalista e escritor, foi diretor por 3 oportunidades do jornal A Imprensa, onde publicou quase toda suas obras. Publicou em livro Quadros de Minha Infância (memórias) e A Tragédia de Major (romance memorialista). Membro imortal da Academia Paraibana de Letras onde tomou posse no ano de 1951.
Em Serra da Raiz foi o líder da vitoriosa campanha pela Emancipação Política assinada em 21 de janeiro de 1959.
Filantropo, fundou a Casa de Saúde e Maternidade Manoel Madruga, sendo ele o seu 1° diretor. Foi co-fundador da Escola Comercial Alípio Serpa e da Banda de Música Joaquim Menezes, adquirindo ele próprio os instrumentos musicais necessários. Fundou ainda a Associação Rural de Serra da Raiz e a Cooperativa Agrícola Mista.
Faleceu em 23 de maio de 1971 e foi sepultado na Igreja da Misericórdia em João Pessoa.
No ano de 2011, seus restos mortais foram transladados para a Igreja Matriz do Nosso Senhor do Bom Fim.
COMPARTILHAR