Autor: Assessoria Prefeitura Serra da Raiz

Decreto altera funcionamento de bares e proíbe eventos no município

A gestão municipal anunciou algumas mudanças para disciplinar horário de funcionamento de bares e outros comércios durante o período de carnaval bem como a manutenção da proibição de eventos de qualquer tipo que gere aglomerações, este ultimo ponto enquanto durar a pandemia. Veja alguns trechos: Art. 1º Este Decreto dispõe sobre medidas temporárias a serem […]

11/02/2021 8h44 Atualizado há 2 anos atrás

A gestão municipal anunciou algumas mudanças para disciplinar horário de funcionamento de bares e outros comércios durante o período de carnaval bem como a manutenção da proibição de eventos de qualquer tipo que gere aglomerações, este ultimo ponto enquanto durar a pandemia.

Veja alguns trechos:

Art. 1º Este Decreto dispõe sobre medidas temporárias a serem adotadas, no âmbito do Município de Serra da Raiz – PB, para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da Covid-19, nas festividades carnavalescas, no período de 13 a 16 de fevereiro corrente e enquanto durar a emergência em saúde pública devido a Pandemia da Covid-19.

Art. 2º – Ficando vedado o consumo de bebida alcoólica em espaços públicos, devendo ser consumida apenas enquanto o cliente estiver sendo atendido e nos limites do restaurante, bares e barracas.

Parágrafo Único – Fica vedado também a aglomeração de pessoas em quaisquer serviços essenciais públicos ou privados, como em calçadas, ruas e praças; e festa de qualquer tipo em restaurantes, bares e barracas, outros estabelecimentos e em ambientes fechados e abertos.

Art. 3º – Entre os dias 13 e 16 de fevereiro também haverá redução do horário de fechamento dos restaurantes, barracas, bares, praças de alimentação, lojas de conveniência, comércio de rua, supermercados e lojas de autosserviços para o horário de 22h.

Art. 3º – Haverá também redução do limite de capacidade de atendimento em restaurantes, bares e barracas para 50%, além da proibição de festas em áreas comuns de quaisquer condomínios residenciais, bem como carros de som, paredões ou quaisquer outros tipos nestes ambientes.

                                               Art. 4º – O descumprimento do decreto implica em multa de até R$ 500,00 (quinhentos Reais) por estabelecimento. Além disso, estabelecimentos ficam sujeitos a interdição imediata por dois dias. Em caso de reincidência, a interdição pode ser ampliada para 05 dias.

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

Baixar [400.24 KB]


Ao continuar navegando no nosso portal, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para ter mais informações, acesse nossa página de Política de Privacidade

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support