UEPB em parceria com prefeitura realiza catalogação dos antigos engenhos no município

Na última segunda, dia 05/08, foi realizado o registro dos antigos engenhos da cidade de Serra da Raiz. A ação faz parte do convênio firmado entre a Prefeitura Municipal e a UEPB, visando a catalogação dos sítios arqueológicos históricos do Município, onde será elaborado um relatório das potencialidades históricas e culturais do Município.

Toda a catalogação dos sítios arqueológicos históricos serão enviados para o registro junto ao IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). Estiveram presentes na comitiva o Prof. Drº Juvandi de Souza Santos, diretor do Laboratório de Arqueologia e Paleontologia e do Museu de História Natural da UEPB; o Prof. Thomas Bruno, Ben-Hur de Oliveira, secretário de cultura e voluntário do Museu do Homem Serrano e Felipe Silva, Jornalista e assessor de comunicação da prefeitura.

Na ação foram visitados os antigos engenhos do município: Lameiro, 1º engenho de Serra da Raiz, fundado pelo Major Costa no final do século XVIII, atualmente propriedade do Srº. José Gomes de Moura; Flores, fundado por Brasiliano da Costa, atualmente propriedade do Srº. Fernando Sávio; Boa Vista, fundado por Joaquim Menezes, atualmente propriedade do Srº Edvaldo Marques; Pimenta, fundado pelo Sr. Vitaliano Alburquerque de Farias, atualmente propriedade do Srº Luís Henrique; Alegre, fundado pelo Srº Antônio José da Costa, fundador da cidade de Duas Estradas, atualmente propriedade da Srª Angelita Lima) e Tatu, fundado pela família Fernandes de Oliveira. Atualmente propriedade do Sr. Aníbal Cartaxo.

No século XIX, Serra da Raiz foi o maior produtor de cachaça e rapadura do estado da Paraíba, chegando a ter em funcionamento mais de 15 engenhos.

COMPARTILHAR